lello

Livraria Lello & Irmão

Hoje vamos falar sobre uma das livrarias mais bonitas do mundo!!!

Reconhecida internacionalmente por sua arquitetura, seleção de livros únicos, a livraria teve seu boom por inspirar a autora britânica, que escreveu uma das melhores séries de fantasia de todos os tempos. Sim, estamos falando de Harry Potter e J.K. Rowling. A livraria citada no título, a Lello e Irmãos, não só é uma instituição cultural para Porto, mas também inspirou a autora lá no início dos anos 90.


Todo amante do reino encantado dos livros vai ficar, literalmente, emocionado ao entrar na Livraria Lello. O lado de fora já nos deixa fascinados com a fachada em estilo neogótico e ao entrar conseguimos nos transportar no tempo e imaginar o quão importante a livraria foi na vida cultural da cidade desde a sua fundação em 1906 pelos irmãos José e António Lello.

Livraria Lello & Irmão

A grande escada toda talhada em madeira, o piso com o trilho remanescente da época em que se usavam carrinhos para transportar os livros, os vitrais coloridos nas janelas e no teto e as prateleiras recheadas de livro.
Não é a toa que a livraria já esteve diversas vezes nas primeiras posições em listas que listam as livrarias mais bonitas do mundo.

Mas vamos falar um pouco sobre a história dessa famosa livraria. A história da livraria Lello é também a história dos irmãos Lello que em 1906 abrem a livraria. José e António Lello nasceram na Casa de Ramadas, freguesia de Fontes, em Santa Marta de Penaguião, filhos de um proprietário rural. José Lello é o primeiro a ir para o Porto. Homem de cultura, amante da leitura, dos livros e da música sonha tornar-se livreiro, o que vem a acontecer com a abertura da primeira livraria e editora em 1881 com o seu cunhado. Após o falecimento deste, José Lello constitui a sociedade José Pinto de Sousa Lello & Irmão, com o irmão António Lello, 9 anos mais novo.

Os dois irmãos, conhecidos na cidade como os irmãos unidos, fazem parte de um círculo de ativos burgueses e intelectuais do Porto. Republicanos, fazem questão de se envolver na vida pública, no desenvolvimento industrial e comercial da cidade e na sua atividade cultural, nesta fase de viragem do século.
Nesta altura os irmãos Lello estabelecem-se na Rua do Almada, desconhecendo ainda que o edifício que levaria o seu nome até ao próximo milénio se encontrava a poucos quarteirões. A atividade editorial da Lello e Irmãos era marcada por uma paixão pelos livros e pela cultura. Este amor à arte deu origem à criação de edições especiais, editadas em número reduzido, com a colaboração de artistas plásticos, como ilustradores e pintores, e com enorme cuidado gráfico.
É em 1894 que José Pinto de Sousa Lello compra a Livraria Chardron aos então donos, juntamente com todo o seu espólio. Embora estivesse já noutras mãos, esta livraria tinha feito o seu nome pela mão do francês Ernesto Chardron. Este influente editor era um motor do setor, tendo publicado as primeiras edições de obras eternamente sonantes como as de Eça de Queirós ou Camilo Castelo Branco, por exemplo. Esta ambiciosa ampliação da Lello e Irmãos precisava de ser acompanhada de um quartel condizente com a renovada importância no setor. O edifício da Rua das Carmelitas é então moldado pela visão sumptuosa do engenheiro Francisco Xavier Esteves. É em 1906 que é inaugurado o espaço como hoje o conhecemos – e a sensação que causou na cidade nessa altura ecoa ainda hoje neste local obrigatório para todos os visitantes da cidade do Porto.

Para tentar garantir a boa experiência de quem vai lá comprar livros, em 2011 eles tentaram proibir fotografias dentro do espaço. Mas com o aumento exponencial do número de visitas, as regras mudaram.

Hoje em dia é preciso pagar para visitar a Lello e Irmãos. O voucher custa aproximadamente 6 euros, que pode ser convertido em descontos na compra de livros.
Pra quem quiser conhecer, a livraria Lello e Irmão fica na Rua das Carmelitas, 144, Porto, Portugal. Os vouchers devem ser comprados na mesma rua, no edifício que fica na esquina acima da livraria. Para evitar filas é possível comprar o voucher pela internet.

Se gostaram desta matéria, deixem comentários para que possamos interagir e compartilhar experiências.


Fonte: https://www.livrarialello.pt/

COMPARTILHE ESSE POST

Share on twitter
Share on facebook
Share on google

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *